segunda-feira, setembro 03, 2007

Ponto de Mutação



“Ao término de um período de decadência sobrevém o ponto de mutação.
A luz poderosa que fora banida ressurge.
Há movimento, mas este não é gerado pela força.... O movimento é natural, surge espontaneamente. Por essa razão, a transformação do antigo torna-se fácil. O velho é descartado, e o novo é introduzido. “Ambas as medidas se harmonizam com o tempo, não resultando daí nenhum dano.”
I Ching – Oráculo Chinês.

Tive o privilégio de assistir o filme Ponto de mutação, baseado no livro de Fritjof Capra. É um filme que nos faz pensar. Talvez seja um desses presentes que recebemos do universo e embalados tecnologia.
Após a exibição do filme comecei a questionar o quanto a natureza é perfeita, e em quanto nós, seres humanos dependemos dela e também como a tratamos mal. O mundo esta em transformação, tanto religiosa, política, social e principalmente no meio ambiente. Podemos suportar apesar das dificuldades, as mudanças da esfera social e política, no entanto, no que menos nos importamos, com o meio ambiente, esta mudança poderá acarretar uma catástrofe sem precedentes. Vivemos em tempos difíceis, há palavras que devem ser substituídas, o ter pelo ser é uma delas.. O alerta contundente não tem vindo dos místicos, mas de homens da ciência e de conhecimento como o professor James Lovelock, (cientista independente, ambientalista, autor e pesquisador, Doutor Honoris causa de várias universidades no mundo inteiro.) Fritjof Capra (ph. D., físico, trabalha com a Teoria dos Sistemas) e também escritores como Conor Corderoy, (advogado, professor e escritor) através de seu livro Dark Rain. As mudanças são significativas e profundas, talvez irreversíveis. O Professor James Lovelock tem escrito com o objetivo de alertar ao mundo sobre as debilidades que o planeta esta vivendo. No ano passado lançou uma obra cujo título é a Vingança de Gaia, onde retrata a terra como um organismo vivo em busca de socorro e as possíveis soluções para salvá-la. Capra por sua vez vem divulgando ao mundo a revolução que acontece nas ciências, principalmente na física. Dentro desse contexto há novos conceitos de espaço, tempo e de matéria, desenvolvidos pela Física subatômica. Ele ressalta também a necessidade de abrir espaço para uma visão mais holística da medicina e da saúde. O Hoje exige que façamos uma associação entre as filosofias e a ciência. É urgente que possamos abrir a nossa mente e permitir que essas idéias se englobem juntamente com todo conhecimento adquirido no passado. Idéias rígidas e arcaicas não são mais admissíveis. O novo se apresenta a nossa porta. Temos apenas uma escolha, aceitá-lo, para que o planeta continue existindo. Fico pensando na natureza, acredito que ela de uma forma ou de outra irá se regenerar porém não sei se o homem conseguirá obter o mesmo resultado. O livro Ponto de Mutação, bem como o filme, lança uma luz e uma abordagem diferenciada. Fritjof Capra como um físico conceituado havia lançado anteriormente um grande questionamento, ele, em um livro anterior O Tao da Física provocou o conhecimento convencional ao demonstrar os surpreendentes paralelos existentes entre as mais antigas tradições místicas e as descobertas da física do século XX. Basta a nós apenas abrirmos nossos olhos e nossas mentes antes que seja tarde demais, percebermos que vivemos numa crise enfatizada pela mudança de paradigmas. O que ontem era certo e seguro hoje deixam de ser. Aqui no Brasil costumamos usar um dito popular – não podemos deixar o certo pelo duvidoso, talvez agora devêssemos inverter e dizer – é bem provável que o duvidoso seja muito melhor do que o certo.

2 comentários:

Copa de Pelada - Pousada do Bosque disse...

Fátima.....essa mudança divulgada com conciência ,faz-nos tentar expandir nossa tão limitada mente.
Pois nem sequer aprendemos a usa-la de acordo com os conceitos humanos mais básicos .
Nossas mudanças íntimas ,sociais,culturais.biológicas,são pouco divulgadas ,e quando o fazem ,usam meias palavras,levando a informação a poucos e demaneira incompleta.
Há os quem estão ,conectados (nós),e aqueles que não aparecem na sociedade,salvo,quando se faz campanhas de agasalhos etc....para a chamada minoria(mentira ,pois é a maior parte da população) vc como jornalista sabe melhor que eu ,no entanto ficamos como sempre esperando \ALGO ACONTECER, fatos como os das tragedias por todos vividas,nesses momentos é que a sentelha divina ,a linguagem universal do amor e do respeito,é ouvida por todos,ai consegue-se a união de diferentes esferas doutrinarias ,de partido,de raças etc,para fazer aquela tão desejada UNIÃO por todos,a linguagem do amor é a do respeito ,com ele voamos rumo ao crescimento,da concientização do homem com a sua real finalidade nesse mundo perfeito,
harmônico,equilibrado,farto,poderoso.
Sua dicertação é para ajudar esse processo ,onde todos nós devemos nos sintonizar,com a conciência divina para juntos nos ajudarmos a MELHORAR.
Um carinhoso abraço Elayne Christine
Campo Grande MS

Taís Luso de Carvalho disse...

Oi, querida amiga, como sempre teus textos são ótimos!
Aconteceu algo estranho no teu link, em meu blog e não consegui mais abrir teu blog. Fui te buscar pelo Google, e te linkei novamente. Concertei a situação: tinha escapado o 'f' de Fatima.
Te deixo um carinhoso beijo e um ótimo domingo.
Taís